Quatro meses depois...



Pensei que depois de quatro meses sem ouvir o programa haveria alguma 

alteração e nada. Numa rápida passagem pelo dial na semana passada e lá 

estava o Calheiros berrando e um sambista se preparando pra "presentear" 

os ouvintes com algo que nada tem a ver com futebol. 

Sempre tenho esperança que um dia melhore. Sinto falta mas do jeito que está 

não consigo ouvir. 

E aí o que vocês tem achado do programa, melhorou, piorou ou está na mesma?

O site oficial continua entregando no mesmo dia?

Completo ou editado?

Um abraço.

Beto.

19 comentários:

Unknown disse...

site oficial entrega completo, com comerciais e tudo.
As vezes q posta no dia seguinte mas nao é sempre, nisso eles estão sendo pontuais.
Sobre a qualidade do programa, mantenho minha opinião, escuto pelo Lopes e o tavares. Calheiros continua o mesmo gritador, e o programa do sambista foi uma exceção até

Unknown disse...

ah, o programa perdeu uma hora, entao mais doq nunca tem q ser informação em 3. 4.lugar senao vai ser comercial, informe do transito e alguma noticia, e acabou programa

DDD disse...

Betão,

Não costumo ser saudosista não, porém infelizmente o rock/pop bola preocupou-se mais com a contratação de um editor de vídeos e marqueteiro do que com O integrante vascaíno, portanto mesmo não sendo vascaíno eu adorava ouvir os comentários do time e as "agressões" pré e pós clássicos.

Já acompanhei algumas "substituições" no elenco do bom rock/pop bola, mas hoje no elenco atual, não há comentarista de tal time, apenas um lunático defensor de ditador, o maior representante do passado "futebolérico" que há no Brasil. Nada pessoal contra o rapaz, deve ser muito gente boa inclusive, porém profissionalmente não dá para ele.

Minhas mais sincera opinião,

Ouvinte desta bagaça há 14 anos - 2004

Ale Rock21 disse...

Rapaz,por incrível que pareça,a segunda parte do programa era a melhor,pois como era só pela internet,eles escrachavam um pouquinho mais,agora que voltou a ter apenas uma hora,provavelmente voltará a ser o mais do mesmo,convidados chatos,programas corridos e agora ainda tem o Carlos Éboli que toma conta de 10 a 15 minutos, fazendo comentários que os próprios poderiam fazer com irreverência.Uma pena,mas a instabilidade da nova radio globo não dá segurança nenhuma.

Wander Silva disse...

Perderam 1hora de programa, já podemos prever o futuro ne, é assim que começa... Achei até que melhorou um pouco com a participação do Ebole e como sempre com as imitações do Lopes carregando o programa nas costas. No mais, tudo na mesma

Alessandro disse...

Há muito tempo que não ouço ao vivo, mais por conta do trabalho do que por outra coisa. Mas mesmo assim não sinto tanta vontade como antes. Só Lopes, Tavares e Araújo salvam ali ultimamente. Cada vez que ouço um pouquinho do programa atual sinto mais saudades do Toni e do Waguinho.

Beto, sem querer abusar mas já abusando: se tiver como, vc pode disponibilizar o programa de 27.01.2014 (Issa Neném)?

Muito obrigado por tudo o que você já fez por nós, ouvintes!

Bruno Ribeiro disse...

O programa que era nota 10, hj é mota 6. Muito do declinio se deve sim ao Calheiros e eles sabem disso. Só que eles tem o carater (é um pouco de orgulho) acima de tudo de ter o sentimento de companherismo.
Esse vascaino deu a sorte grande na vida, é um jogador ruim no meio de craques, somado ao Lopes que é um genio. Ele tem que agradecer muito a DEus pela sorte que deu na vida.

DeVille disse...

Hj foi sensacional, teve Sérgio Mallandro + Escobar! Podem ouvir sem erro, o Calheiros praticamente não abriu a boca!

Wanderson disse...

As vezes eu tento ouvir, mas nem dá ânimo mais quando ouço a voz daquele mendigo... e agora parece que perderam a hora q era só da internet, tem a participação totalmente desnecessária do Eboli, comerciais, enfim o programa em si deve ter apenas meia-hora! Na verdade conseguiram piorar!!!

Unknown disse...

Uma pena ler os amigos falando que pararam de ouvir. Logicamente, respeito, inclusive concordo com os argumentos. Frajola e Calheiros são ruins demais, não sei qual que é pior. Lembrando que Calheiros é culpa nossa, enganou todo mundo naquela semana que ele teve. Talvez se o caroço tivesse entrado como vascaíno, a história fosse outra. Ou talvez não né, seria mais um sambista. Óbvio que estilo musical vai do gosto de cada um, mas a questão não é que eles não falam de outros estilos musicais, mas o fato de que eles às vezes deixam o futebol (e os assuntos aleatórios, as boçalidades) de lado pra ficar discutindo samba e analisando a história e a teoria do carnaval.

Mas pra mim, mesmo com tudo isso, eles ainda tão em outro planeta quando comparados a outros programas esportivos, a outros programas de humor ou a outros programas de rádio. O Lopes sempre foi bom, mas com todas as perdas eles cresceu muito e assumiu a frente do programa. Gênio mesmo. Araújo e Tavares também seguem muito bem, então ainda são 3/5 daquela formação clássica. Uma pena ter durado tão pouco a participação do Waguinho nas sextas, e uma pena maior ainda a perda de uma hora. Justamente o espaço vazio, sem pauta, era onde eles criavam os melhores momentos.

Mas eu acho que a gente tem que continuar apoiando. Seria uma perda muito grande não ter o Pop Bola (mesmo desfigurado) no dial

Junai Lima disse...

Betão, te digo, estou com você e com os amigos dos comentários! Eles estão perdidos na maioria das vezes. Uma coisa ou outra salva

Quando o Waguinho saiu foi um baque pra mim, porém continuei escutando. Mas depois que o Toni saiu, comecei a ouvir menos e menos até parar quase que de vez. Hoje em dia escuto bem esporadicamente e digo com tristeza que não sinto falta.

Nada contra o Calheiros e Frajola, mas eles não tem a cara nem o selo para serem substitutos definitivos. NO MÁXIMO DO MÁXIMO serem reservas quando o titular não puder. Quando teve a eleição do novo vascaíno achei o Joe Ribeiro mais a cara do programa e dos caras! Não a toa o Lopes fez um de stand-up com ele mais tarde. O Frajola eu não consigo gostar dele, é um cara manero e tal mas não serve pro programa! Digo isso porque fui lá na Rádio Globo assistir o programa no final de 2016 quando tinha Platéia Amiga. Digo o mesmo do Calheiros, que tava até apresentando o programa neste dia porque o Araújo tava de férias. Pra mim até o Nagib, quando subistituia o Toni é melhor do que o Frajola! É mais "malandro" pelo menos.

Enfim, não sei como vai ser o futuro, até porque já ouvi dizer que a essa "Nova Rádio Globo" vai acabar com o departamento de esportes depois da Copa (Só não acabaram antes porque já tinha sido vendidas cotas de patrocinio).

Minha opinião é que pra eles voltarem ao estilo "classico" deles, no mínimo, teriam que ir pra outra rádio. Pq com certeza a Globo "poda" eles pra serem como ela quer. Talvez seja esse um dos motivos do programa ter caido tanto.

Andre Souza disse...

pessoal, o programa de hoje parece valer a pena.. estava passando pela radio, pois nao ouço mais.. e ouvi o milton cunha.. o verdadeiro.. peguei somente o final.. dei risadas como antigamente,, vale a pena.

magneto disse...

O de ontem (24/04) foi excelente ... vale a pena da uma curtida !!!

Marcelo Júnior disse...

O que tem demais ter sambista no programa? Estão numa rádio popular. Lopes, Tavares e Araújo são sambistas. Até Waguinho era.

Acho que eles poderiam dar chance a outros. Quando rolava aquele Panorama Esportivo eles levavam vários outros e rendia a beça! Falta um repórter para tacar fogo no gongá.

Para vascaíno não temos mais ninguém, a não ser o Waguinho mesmo. Tricolor tem aquele professor que era muito bom e um polemicão que um dia foi lá e xingou até a Young Flu KKKKKK

Para o Flamengo, sem Tavares, tem o Gonzáles que é chatinho, a Livinha e um outro que era ouvinte e é jornalista, não lembro o nome, que também foi no Panorama Esportivo e tacou fogo com o Lopes, até o Eraldo Leite ficou louco kkkkkkk

Para Botafogo tá bem servido com Lopes e Bandeira.

Falta isso, mais gente diferente.

Paulo Marcio Brightmore disse...

É foda mesmo, não dá pra entender a escolha e a permanência do Calheiros, que cara chato, não conheço ninguém que goste dele, e o Frajola só sendo substituto casual, todo dia é foda, não está no nível do Tony. Uma pena.

Juliano Costa disse...

Nesta segunda-feira aconteceu algo de que eu já vinha desconfiando. Quando, por um presente dos deuses, o Calheiros não participava do programa, ele sempre demorava para disponibilizá-lo, publicando-o somente junto com o próximo, provavelmente na esperança de que os ouvintes baixassem só o mais recente.
Porém, ontem, ele simplesmente NÂO DISPONIBILIZOU o programa de sexta-feira, em que o Fábio Nuno o substituiu. Ouvi o programa de ontem inteiro e não houve nenhuma explicação para a não publicação do programa de sexta. Nitidamente o Calheiros, responsável por atualizar o site e disponibilizar os programas, boicote aqueles dos quais não participa. Perguntei no Facebook e minha pergunta nem sequer foi publicada.
Beto, você está fazendo uma enorme falta, porque fica cada vez mais claro que estamos à mercê desse infeliz para ouvir os programas. Lamentável!
Forte abraço a todos.

Tony Horo disse...

Olha, Beto vou te falar. Sou ouvinte antigo, talvez não tão fiel quanto a maioria. Inclusive na fase da Oi eu deixei de acompanhar, justo quando os caras tavam no auge.

Mas devo dizer que me adaptei ao formato atual... quero dizer, eles não são mais garotos, a situação das rádios cariocas também não tá tão boa pra absorver e abraçar o programa da forma que a Oi fazia, então eu acho que eles se encontram na melhor situação possível, ou seja, na Globo e trabalhando junto com o jornalismo da rádio (que hoje em dia é mesclado com a tv).

Sobre o programa em si. Acho que não cabe mais dizer nada sobre o Calheiros. Ele já faz parte da identidade e quem não vê isso é porque não acompanha diariamente e ainda se prende no que era antigamente. E a sincronia dele com os outros participantes anda muito melhor. O cara é esforçado. Ele não é um Waguinho, que era zoador, ficando muito mais como escada pra zuação do Lopes e do Araujo (o Tavares se apequenou nos ultimos anos).
O Frajola é aquilo ali mesmo: o bom amigo que também não se destaca, mas não acho que teria outro melhor que ele que fizesse o papel do Toni.

Depois que o programa perdeu uma hora, muita da baboseira ficou de lado, como aquelas brincadeiras e whatsapp toda hora pra preencher... porém acho que de 18 as 19 é muito pouco, e por vezes nem dá tempo de falar dos 4 times.

É válido lembrar que eles são talvez o humorístico mais antigo no ar em rádio, perdendo apenas pro Pânico, e mesmo assim esse aí não tem um tema especifico, então pode render assunto de várias outras formas E MESMO ASSIM perdeu 90% do seu elenco antigo.

Acho cruel pegar e criticar os caras pelo que são hoje em dia, quando na verdade eles deveriam ser parabenizados por ainda estarem no ar.

Tony Horo disse...

Ah! E pra quem tá reclamando que o Calheiros não posta os programas no dia seguinte... o site da rádio Globo tem um arquivo, é só escolher a praça e o horário e ouvir.

http://radioglobo.globo.com/arquivo-radio-globo/

Eu ouço por ai, porque ai nao precisa esperar o site deles colocar no ar. Sem falar que a gravação do site da Radio é o que vai pro ar, enquanto que o do site é gravação interna da mesa, que as vezes não pega trilha, deixando o programa "seco".

Alessandro disse...

Nesse final de semana eles fizeram uma transmissão do jogo Peru x Dinamarca, com Calheiros narrando e comentários do Tavares, Frajola e Lopes, e Araújo na Central de interatividade. Foi muito bom o “programa”, e me fez ter uma visão diferente do Calheiros como integrante do time. Agora é torcer pra eles colocarem o áudio dessa narração no site também.

Postar um comentário